15 de jan de 2009

Novo endereço

Ano novo.. endereço novo.

Agora você nos encontra em www.botaprafazer.wordpress.com

13 de jan de 2009

JOVENS EMPREENDEDORES INOVAM SETOR 2.5


Setor 2.5? É a nova denominação para o empreendedorismo social sustentável e lucrativo. Quer um exemplo?

A Editora MOL, fundada pelo administrador de empresas Rodrigo Pipponzi, 28 anos, e pela jornalista Roberta Faria, 27 anos, a Editora é um case de empreendedorismo jovem, inovador e responsável. Com pouco mais de um ano de vida, a MOL já é, através de seu principal projeto - a revista social Sorria* - a maior doadora, em dinheiro, do GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer).

São mais de um milhão de reais doados para o hospital com a venda da revista, que têm 100% do valor de capa, descontados os impostos, revertido para a causa.

Saiba mais sobre esses empreendedores e seus projetos em: Saiba mais sobre esses empreendedores e seus projetos em: www.editoramol.com.br // www.revistasorria.com.br // http://www.youtube.com/watch?v=exynKe0iYXs

2009


2008 passou e a sementinha do empreendedorismo foi plantada! Que venha 2009! 

A crise? Os empreendedores saberam enfrentá-la.

Um ótimo 2009 para todos!

Bota Pra Fazer

17 de dez de 2008

Vencedores do Prêmio Facamp e Master Minds de Empreendedorismo


Posts atrás falamos sobre este exemplo de pró-atividade e engajamento na Semana Global do Empreendedorismo. No belo auditório CPFL em Campinas, a FACAMP junto com a Master Minds realizaram o prêmio Facamp/Master Minds de Empreendedorismo, um concurso de plano de negócios para os alunos da Instituição.

Foram definidos os vencedores. Em primeiro lugar ficou a Pretenda Health Club, uma rede de academias para o público maduro, o grupo recebeu o prêmio de R$ 10.000 e em segundo lugar ficou o Bar Pregão, um bar temático em que os preços das bebidas são formados de acordo com a oferta e a procura, o grupo responsável recebeu o prêmio de R$ 5.000 reais.

Os outros finalistas eram Econobloco (blocos para construção reciclados a partir de sobras do setor), Fogo Fácil (sistema que substitui o carvão em churrasqueiras) e Hard Adventure (vestuário para esporte e turismo de aventura).

Juliano Graff, da Master Minds, diz que os planos de negócios recebidos para o Prêmio são muito mais bem feitos do que os que ele já viu pelo mercado. “O pessoal tem muito potencial”, afirma Graff.

Nossos parabéns a todos pela bela iniciativa!

8 de dez de 2008

Empreendedorismo Sobre Rodas

Assista ao vídeo feito por estudantes para o Projeto "empreendedorismo sobre rodas" na participação da SIFE IBMEC-RJ no Desafio da Semana Global do Empreendedorismo Endeavor & SIFE Brasil.


27 de nov de 2008

Exemplo de Empreendedorismo

Através do Banco Palmas, Joaquim de Melo identifica e desenvolve os ativos de sua comunidade, como base para criar um sistema econômico comunitário que conta com uma linha de micro-crédito alternativo (para produtores e consumidores), instrumentos de consumo
local (cartão de crédito e moeda própria) e alternativas de comercialização (feiras e lojas solidárias), promovendo localmente geração de emprego e renda para mais de 30 mil pessoas.

Abaixo algumas fotos e também um vídeo da palestra de Joaquim. A palestra foi uma das atividades que fizeram parte da Semana Global de Empreendedorismo 2008.



Produção brazuca ganha versão in english

O vídeo produzido pela Pixel Labs para o Movimento Bota pra Fazer, ganhou versão em inglês. Veja abaixo a versão original e como ficou depois!



Novo capacete

Na prova extracampeonato da Fórmula Indy, o GP da Austrália (26/10), o brasileiro Tony Kanaan correu com uma nova pintura em seu capacete estilizada por Sid Mosca. A pintura, que mantinha a identidade visual do Bota Pra Fazer, também contava com o logo do Movimento.

19 de nov de 2008

TV Ideal na Semana do Empreendedorismo

A TV Ideal está com uma programação especial para a Semana. Confira!


12 de nov de 2008

Novo Método para Seleção de Empreendedores

Objetivando cobrir uma lacuna na literatura acadêmica e de negócios, o livro Cultura Empreendedora, apresenta um método para identificar uma hierarquia de valores centrais para seleção de empreendedores e/ou escolha de sócios e colaboradores em organizações. O método visa fornecer subsídios para a tomada de decisão gerencial, que busque privilegiar o alinhamento cultural entre os valores organizacionais e os valores pessoais.

Os professores e pesquisadores da PUC-Rio, Patricia Tomei, Giuseppe Russo e Carla Bottino, se uniram para escrever o livro “Cultura Empreendedora – Guia Prático para Seleção de Empreendedores”, Editora Office Book, 350 páginas, a ser lançado no dia 18 de novembro no Rio de Janeiro, durante a Semana Global de Empreendedorismo.

Para os autores, cada vez mais, o empreendedorismo tem sido apontado como uma estratégia de crescimento econômico, alternativa na geração de auto-emprego e diferencial competitivo para as pessoas, organizações e países. “A atividade empreendedora depende da sinergia entre os valores do empreendedor e as características das oportunidades que ele descobre e explora, seja montando seu próprio negócio ou empreendendo sua carreira e/ou seus projetos nas empresas de terceiros”, dizem os autores na introdução do livro.

Saiba Mais!

Ta chegando!


No Pará, a Semana Global do Empreendedorismo 2008 ocorrerá no Centro de Convenções Hangar, sob organização da Rede Amazônica de Incubadoras de Empresas (Rami/UFPA), em parceria com o Instituto Empreender Endeavor, e com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), do IEL/Fiepa e do Sebrae/PA. Na região Norte, a Rami foi a primeira organização a aderir à iniciativa.

Dentro da Semana Global do Empreendedorismo, a RAMI irá realizar em Belém, o 2º Encontro Regional de Empreendedorismo da Amazônia e o 3º Workshop da entidade voltado às Incubadoras, Pólos e Parques Tecnológicos. Além de promover atividades como palestras, mini-cursos, workshops e concursos de planos de negócios, será realizado o Desafio Cesupa, com cerca de 1.400 alunos de ensino médio de Ananindeua, organizada por professores e alunos do Cesupa.

No total, cerca de mil pessoas, entre estudantes, profissionais, professores e grupos de influência e abrangência nacional, ligados ao terceiro setor, à área de negócios, à comunidade, ao governo, à educação e à mídia, estarão reunidos no Hangar. A idéia do evento é incentivar jovens e demais interessados a transformar idéias em realidade, criando produtos e negócios.

O quê: Gincanas, palestras, mini-cursos e workshops farão parte dos três dias de programação
Quando: 19 a 21 de novembro
Onde: Hangar, Belém - PA
Organização: Rede Amazônica de Instituições em prol do Empreendedorismo e da Inovação (Rami/UFPA)

Informações: 3201-8022 (ramal 213) / 8144 - 6155 ou www.ramieventos.com.br

11 de nov de 2008

Definidas as cidades da Caravana PME

Definidas as regiões que serão visitadas pelos jornalistas da Exame PME. O objetivo é conhecer novos empreendedores que certamente existem por esse Brasil afora. Veja se sua empresa pode participar:

1) Sua empresa tem um faturamento entre 2 e 100 milhões de reais por ano?
2) Você ou um sócio podem estar numa das cidades relacionadas abaixo nas datas acertadas? (não vale mandar um gerente. Tem de ser um empreendedor de verdade)

Em caso afirmativo, escreva um email para exame.pme@abril.com.br dizendo seu nome, telefone e site da empresa e responda a pergunta: por que a minha empresa é interessante e por que os leitores da Exame PME deveriam conhecer a minha trajetória?

Aqui, as cidades:

Dia 17/11 (segunda)
Recife, São Carlos, Campinas e São Paulo
Dia 18/11 (terça)
Recife, Rio de Janeiro e São Paulo
Dia 19/11 (quarta)
Caxias do Sul, Fortaleza, Rio de Janeiro e Florianópolis
Dia 20/11 (quinta)
Joinville, Belo Horizonte, Salvador e Porto Alegre
Dia 21/11 (sexta)
Curitiba, Belo horizonte, Salvador e Porto Alegre

Fonte: Blog da PME

7 de nov de 2008

Jovens goianas representam o Brasil em desafio internacional


‘Corpo Aprendiz – Paixão Pelo Movimento’ disputa o Desafio Global Staples: Jovens Transformações, que reconhece redes de difusão e compartilhamento de soluções e idéias sociais pela Internet.


Anna Canêdo - Goiânia

Desde que era aluna do curso de Relações Públicas na Universidade Federal de Goiás (UFG) e líder do Movimento Empresa Júnior do Estado de Goiás, Waléria Wenceslau acalentava o sonho de ter a própria empresa. Neste ano, ela e a irmã gêmea, a bailarina e mestre em dança Ana Carolina Wenceslau fundaram a Rasga Saia Produções, com foco no fortalecimento das identidades e do senso de pertencimento dos afro-descendentes goianos.

Para dar visibilidade nacional e internacional à recém-criada empresa e suas idéias, as irmãs decidiram inscrever o projeto ‘Corpo Aprendiz – Paixão Pelo Movimento’ no Desafio Global Staples: Jovens Transformações, que conheceram participando de redes de difusão e compartilhamento de soluções e idéias sociais pela Internet.

A melhor notícia é de que o projeto idealizado pelas irmãs goianas é o único brasileiro finalista da competição, concorrendo com outras 14 iniciativas, de vários países. O Desafio é uma busca mundial pelas maneiras mais criativas e inspiradoras por meio das quais os jovens estão contribuindo para mudar o mundo. Neste ano, foram inscritos 521 projetos de 61 países. Os vencedores do desafio ganharão uma viagem aos Estados Unidos para participar do Encontro Youth Venture.

Leia mais direto na fonte! =]


6 de nov de 2008

Os empreendedores saem ganhando

A Leader apóia o movimento e promove atividade que premiará empreendedores.
Veja a imagem da notícia na Intranet e do mural que está sendo distribuído impresso para todas as unidades da Leader.

Mural


Intranet

3 de nov de 2008

Feira do Empreendedor de Teresina

A Feira do Empreendedor de Teresina será realizada de 19 a 23 de novembro, no Parque Potycabana, tendo um conceito diferenciado. O evento não tem foco em exposição ou comercialização produtos, mas apresenta inúmeras oportunidades de investimentos para quem pretende inserir-se no mundo dos negócios.

É com essa tônica que a Feira do Empreendedor é considerada o maior evento promovido pelo Sebrae em todo o país, sendo uma feira itinerante, que percorre várias capitais brasileiras, divulgando novos negócios e disseminando a cultura empreendedora.

Leia mais direto na fonte! =]

Empresas dizem que sustentabilidade vai sobreviver à crise

Premiadas pelo Guia EXAME de Sustentabilidade mantêm seus planos de investimento em projetos sociais e ambientais

Por Denise Brito e Francine De Lorenzo

Portal EXAME A expectativa de desaceleração da economia global não provocou mudanças no posicionamento das empresas-modelo em responsabilidade social no Brasil. Para essas companhias, sustentabilidade não se resume a projetos isolados. Representa a forma como pensam e agem ou mesmo um jeito de fazer negócio. Por isso, apesar das preocupações com a crise financeira, nenhuma delas cogita o corte de investimentos em sustentabilidade.

Durante o evento de premiação do Guia EXAME de Sustentabilidade 2008, que aconteceu nesta quarta-feira (28.10), em São Paulo, as companhias mostraram como esperam conciliar crise financeira e responsabilidade sócio-ambiental.

Leia mais direto na fonte! :)

31 de out de 2008

Empreendedorismo entre jovens é essencial para economia de países latinos

Dados da OIT (Organização Internacional do Trabalho) revelam que 100 milhões de jovens vivem na América Latina. Desse total, 46% estão desempregados, 30% têm uma ocupação informal e outros 2% não trabalham nem estudam.

Para o presidente da Confederação de Associações de Jovens Empresários, Patricio Rodríguez-Carmona, a mudança na educação oferecida aos possíveis futuros empresários é a chave para o desenvolvimento.

Ele disse que as universidades latinas não se dedicam a formar gestores, e sim bons empregados. "A união da universidade com as empresas é chave para uma formação mais completa", garante Patrício. As declarações foram feitas durante o 4º Fórum Empresarial Ibero-Americano, em San Salvador (El Salvador).

Divórcio entre escola e empresa
"Existe um divórcio entre a educação e o mundo empresarial", explicou o membro da Confederação Patronal Mexicana e mediador do painel, Ricardo González Sada. "Todos sabemos que é muito bom para nossos jovens que eles consigam um bom emprego. Mas eles também precisam saber criar seu emprego". Rodríguez-Carmona lembrou da importância da criação de linhas de crédito para financiamento das idéias inovadoras dos jovens.

No Brasil
No Brasil, dados do Sebrae indicam que, anualmente, cerca de 18 mil jovens, entre 18 e 24 anos, abrem uma micro ou pequena empresa no estado de São Paulo. Isso significa que eles são donos de 17% do total de MPEs dos 645 municípios paulistas.

por InfoMoney

29 de out de 2008

Vista a camisa do Movimento!


A Renner abraça a causa da Semana Global do Empreendedorismo e recheia as mais de 30 lojas espalhadas por Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) com camisetas estampadas com a temática da campanha, que acontece entre 17 e 23 de novembro em mais de 70 países.

A iniciativa é liderada no Brasil pelo Instituto Endeavor e tem como objetivo despertar a atitude empreendedora em jovens e organizações. As camisetas, que serão comercializadas com exclusividade pela Renner, ao valor de R$ 19,90 cada, estão disponíveis em modelos masculino e feminino.

O valor arrecadado com a venda das peças será doado ao Instituto Endeavor para financiar projetos de empreendedorismo.

fonte: Revista INCorporativa.

27 de out de 2008

Novo capacete

O brasileiro Tony Kanaan correu o GP da Austrália com uma nova pintura em seu capacete estilizada por Sid Mosca. Veja só...



Ha! Bota Pra Fazer...

23 de out de 2008

Desafio dos R$5,00

Estudantes universitários de todo o país, entre os dias 17 e 23 de novembro, poderão participar do Desafio dos R$ 5,00. Um evento idealizado pela Brasil Júnior em parceria com o Instituto Empreender Endeavor, que tem como proposta fomentar o empreendedorismo de forma atrativa e divertida, gerando potenciais empreendedores no público mais promissor, o universitário.

Trata-se de um concurso de criatividade e inovação no qual as equipes participantes irão receber R$5,00 e terão uma semana para multiplicar o dinheiro de forma lícita e comprovada. Vencerá a nível estadual a equipe que arrecadar uma maior quantia e a vencedoras estaduais vão concorrer a nível nacional pela idéia mais empreendedora.

O evento será organizado pela Brasil Júnior, através das suas federações FEJEPAR, FEJEMG, FEJESP, FEJESC, UNIJr-BA, FEJECE, JuniorES e CONCENTRO, representando os estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Ceará, Espírito Santo e o Distrito Federal. Na Bahia, a AIESEC também participará da organização em conjunto com a UNIJr-BA.

Os universitários interessados no Desafio poderão formar equipes de uma a cinco pessoas. A inscrição é gratuita e acontecerá a partir do dia 20 de outubro nas cidades que vão sediar o evento. Para mais informações, procurar os organizadores locais e entrar na comunidade do Orkut.

Fonte: www.fejesp.org.br

21 de out de 2008

Se é parceiro a gente agradece II

Este é um agradecimento público ao Sebrae que, como sempre, envolvido em questões de empreendedorismo, apóia o movimento BOTA PRA FAZER.

É muito importante para o Brasil ter instituições que servem de exemplo e que inspiram pessoas de todas as idades a buscarem excelência e a empreenderem em suas próprias vidas.

15 de out de 2008

Maior álbum de fotos nacional - Bota pra Fotografar!

Parceirada!!!!

Quer fazer a maior atividade pós evento da história?

Quer fazer parte da recordação do 1º movimento mundial de empreendedorismo?

Quer mostrar que você foi pioneiro ao participar do Bota pra Fazer?


Então entre em
Álbum de fotos FLICKR - BOTA PRA FAZER e coloque suas fotos das atividades que você fez ou participou de 17 a 23 de novembro!

Só valem até 02 fotos por atividade e de preferência, bem legal, descontraída, com a cara do movimento!

Por enquanto você confere as fotos do backstage. A partir de 17/11, já liberaremos para você participar.

BOTA PRA FAZER!

Comunidade BOTA PRA FAZER

Aos mais antenados que querem compartilhar novidades, informações relevantes de empreendedorismo, casos inspiradores de pessoas que botaram pra fazer e são exemplos de vida a serem seguidos, saibam que o movimento agora possui uma comunidade no Yahoo Grupos!

Comunidade do Bota pra Fazer

FAÇA PARTE EDIVULGUE PARA MONTARMOS COLABORATIVAMENTE A MAIOR REDE SOCIAL DE EMPREENDEDORISMO DO BRASIL!

Se é parceiro a gente agradece

Este é um agradecimento público à Natura que, como sempre, envolvida em questões sociais e preocupada com a evolução e o bem estar de todos, apóia o movimento BOTA PRA FAZER.

É muito importante para o Brasil ter empresas que servem de exemplo e que inspiram pessoas de todas as idades a buscarem excelência e a empreenderem em suas próprias vidas.

8 de out de 2008

Bota Pra Fazer - lançamento da Campanha

Ontem (07/10/2008) foi o lançamento oficial da campanha do Bota pra Fazer, www.botaprafazer.org.br, movimento que promoverá a atitude empreendedora no Brasil.

A campanha conta com Michael Dell, Luiza Helena Trajano, Luiz Seabra, Oskar Metsavaht, além do Junior do AfroReggae, Nega Gizza, da Cufa e Rodrigo Baggio, da CDI.

Haverá animações em 3D que abordam as histórias dos 3 porquinhos e do rei Arthur, com novos pontos de vista.

Confira os vídeos em primeira mão no link: www.youtube.com/botaprafazer.

6 de out de 2008

Festival Bota pra fazer Música

Um festival de música que oferece oportunidade de aprendizado sobre como criar, divulgar e fazer de um novo artista um empreendimento sustentável no atual mercado musical.
O Festival MÚSICA PARA TOCAR, vai lançar 3 novos nomes do cenário musical brasileiro, separados em 3 categorias:

* Samba e/ou Regional
* Eletro-Rock-Pop
* MPB / Instrumental

Um dos pré-requisitos é ter no máximo 2 cds independentes (sem gravadora) e os componentes serem maiores de 18 anos.
Gostou? Para saber mais, acesse:

http://matrizonline.oi.com.br/concurso/index.php

Idéias pioneiras para bons negócios

Anthony Talbot (abaixo), rodeado por algumas das 950 funcionários do Beleza Natural

A ex-empregada doméstica Luiza Helena Assis, a Zica, não imaginou que iria oferecer em seu negócio próprio algo esperado por muita gente. Ela tentava, há 11 anos, descobrir uma maneira de melhorar o visual de seus cabelos crespos, quando se deparou com uma fórmula que conseguia suavizar os cachos. Convenceu o marido, a irmã e o cunhado a largarem o emprego e abrirem um salão com ela.

O primeiro salão ficava nos fundos de uma casa, em Usina, um bairro do subúrbio do Rio. “Agora temos oito salões, 950 funcionários e 600 clientes por dia em cada um dos salões”, conta Anthony Talbot, executivo contratatdo para dirigir o Grupo Beleza no lugar dos quatro sócios que viraram conselheiros. A empresa hoje fatura R$ 65 milhões e possui uma fábrica, um espaço de pesquisa e desenvolvimento e deve abrir mais nove salões até 2010. Tudo fruto de uma oportunidade, coisa da cabeça empreendedora de dona Zica.

Fonte: Isto é Dinheiro

Concurso "Fiz do Zero" da TV Ideal!


O Fiz do Zero é uma atividade da TV Ideal, um dos parceiros da Semana Global do Empreendedorismo!

30 de set de 2008

O homem que ganha dinheiro criando bactérias


A Superbac ganha dinheiro comercializando microrganismos que eliminam resíduos. Para o negócio crescer, seu fundador, Luiz Chacon, fez parcerias com multinacionais e vendeu parte do seu capital a instituições financeiras.


[por Carin Homonnay Petti]


As bactérias andam à solta. Já invadiram empresas como Coca-Cola, Natura, Volkswagen e a rede de hotéis Ibis. E, acredite, são bem-vindas. Explica-se: os microrganismos foram selecionados e criados em laboratório para eliminar resíduos de estações de tratamento de efluentes, tubulações ou fossas sépticas. Dão conta da tarefa por sua capacidade de devorar a sujeira e transformá-la em água limpa e gás carbônico. Por traz do processo está a empresa de biotecnologia Superbac, de São Paulo. Seu faturamento, de R$ 6 milhões no ano passado, deve alcançar R$ 13 milhões em 2008 e, segundo projeções dos sócios, saltar para R$ 100 milhões em cinco anos. O crescimento vertiginoso é resultado da combinação de inovação tecnológica, venda de parte da empresa a dois bancos e parceria com a americana JohnsonDiversey, uma das maiores empresas do mundo na área de serviços de limpeza.

Leia mais aqui.

Número de empreendedores por oportunidade cresce no Brasil

Abrir um negócio está deixando de ser uma alternativa para quem não consegue um emprego, mas tem ousadia. Os empreendedores por oportunidades já são 57% dos novos empresários brasileiros.

Essa era uma das manchetes do RJTV no dia 22/09/08!

Assista ao vídeo da matéria aqui.

22 de set de 2008

Todo mundo nasce com o potencial para empreender

Todo mundo nasce com o potencial para empreender, mas essa capacidade pode ser perdida ao longo da vida. Isso ocorre por dois motivos. Um deles é a escola que, muitas vezes, não treina a criança para ser questionadora, identificar oportunidades e lutar por elas, mas para decorar conteúdos e repetir o que outros já fizeram. Outra razão é justamente a família. Quando há nela pouco espaço para idéias diferentes, a capacidade de sonhar vai sendo podada aos poucos.

É para que esse potencial não seja perdido que seu filho precisa ser estimulado desde cedo. A criança é, naturalmente, empreendedora – e aqui estamos falando de uma postura frente ao mundo, da forma de encarar as coisas. Ela não sabe ainda que algumas coisas são mais difíceis ou impossíveis. Por isso, sonha alto. Trata-se, então, de incentivar características que seu filho já tem. Para isso, basta ensiná-lo a responder a duas perguntas fundamentais. A primeira é: qual é meu sonho? Descobrir o que se quer de verdade e diferenciar daquilo que é apenas um desejo é o primeiro passo.

O sonho de verdade causa emoção, um brilho nos olhos. E a pessoa consegue energia para responder à próxima pergunta. O que devo fazer para realizá-lo? Assim como os adultos, a criança deve saber que nada acontece de graça, por acaso, e que existe um caminho a ser percorrido. Mas que, com perseverança, dá pra chegar lá.

Fonte: Revista Crescer

21 de set de 2008

'Empreendedor tem potencial amordaçado pelo governo'

'Qual é o seu sonho?' Esta é a pergunta feita pelo professor e escritor mineiro Fernando Dolabela a crianças e adolescentes em escolas de todo o Brasil que contam com o programa Pedagogia Empreendedora. A resposta à questão pode revelar um empreendedor. "A pessoa empreendedora sonha e corre atrás para realizar o seu sonho", afirma.

Certa vez, ao perguntar aos alunos do ensino fundamental quais eram seus sonhos, Dolabela se deparou com uma resposta em coro: "Sonho em ser aposentado." A resposta, segundo o professor, reflete a falta de estímulo ao empreendedorismo no País. "As pessoas procuram uma renda vitalícia, seja por emprego público ou casamento", alega. "Elas buscam amarrar sua égua na sombra e viver às custas do governo."

A Pedagogia Empreendedora é uma metodologia de ensino voltada para a educação básica, com a estratégia didática para desenvolver a capacidade empreendedora de estudantes da educação infantil ao ensino médio. Segundo ele, a pretensão é que o aluno seja empreendedor em qualquer área que escolher como profissão. Dolabela, que mora em Belo Horizonte, esteve em Maringá, na semana passada, para participar do V Congresso Brasileiro de Administração.

Confira a entrevista com Dolabela aqui.

Fonte: O Diário - on line (www.odiario-maringa.com.br)

19 de set de 2008

10 dicas pra Botar Pra Fazer


1- Acredite nas suas idéias! Senão, como conseguirá vendê-las para os outros?
2- Sonhe Grande. Sonhar grande ou pequeno dá o mesmo trabalho, mas um sonho inspirador faz toda a diferença
3- Determinação e perseverança. Bons resultados demoram a chegar
4- Ética e princípios. Não dá pra construir nada sólido com uma base frágil

5- Tenha foco. Escolha o fundamental para fazer a idéia funcionar e não abra demais o leque
6- Simplifique. Procure realizar as coisas da forma mais simples para não se complicar
7- Gente. Cerque-se de pessoas competentes para fazer as coisas funcionarem
8- Transparência. Seja claro e honesto com todas as pessoas com quem se relacionar
9- Barriga no balcão. Experimente seu produto, converse com clientes, fornecedores e parceiros
10- Copie. Aproveite o que já funciona bem e aperfeiçoe; não precisa criar tudo do zero

Amazon Sat na Semana Global do Empreendedorismo!

O pessoal da Amazon Sat tá bombando na Semana! Nesta terça-feira (16) recebemos um e-mail empolgado da Sheila falando sobre a primeira carta que um telespectador enviou sobre a Semana Global para a Amazon Sat, após uma participação deles no Programa Estilo de Vida. A carta veio de um telespectador de Vilhena (RO).

É isso aí, a Semana é Global e já mobilizou até Rondônia!
E você, vai participar da Semana Global do Empreendedorismo também?

Porque como diz o letreiro do site:

"Você não precisa ser político para mudar o país.
Muito menos usar terno e gravata para revolucionar o mercado.
TUDO É UMA QUESTÃO DE ATITUDE E ISSO VOCÊ TEM DE SOBRA"

Olha aí a foto da carta tão famosa!

+ Energia na Pole Position do GP Brasil de F1

Wilson Poit, fundador da Poit Energia e empreendedor Endeavor desde 2002, é um brasileiro que Bota Pra Fazer!

Garantindo Energia para que os negócios não parem, a Poit é líder no mercado de locação de geradores no Brasil e marcará presença no Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 com 33 geradores, somando mais de 7.600 kVA!

11 de set de 2008

O consumidor ético exigirá cada vez mais marcas sustentáveis

Se, como diz a sabedoria popular, contra fatos não há argumentos, alguns dados recentes contribuem para derrubar as reservas dos céticos do movimento do consumo consciente no mundo.

De acordo com um relatório do Cooperative Bank, o valor dos gastos dos britânicos com produtos verdes cresceu em 81% entre 2006 e 2007. Em 1999, os ingleses desembolsavam £ 9,6 bilhões. Em 2007, as cifras estavam em £ 32,3 bilhões. O mercado norte-americano de produtos ecologicamente corretos está estimado hoje em US$ 227 bilhões. E ele só faz crescer, a despeito da crise econômica que tem incomodado o país no último ano.

Um em cada três italianos e franceses considera a questão ambiental em suas decisões de compra. Um em cada cinco alemães e espanhóis valoriza o fator sustentabilidade na hora de escolher um produto ou uma marca. No Brasil, dois em cada dez brasileiros punem ou premiam empresas segundo os seus compromissos sustentáveis. Mas se utilizada uma amostragem de consumidores de classe A, mais escolarizados, essa proporção cresce, aproximando-se do padrão dos europeus e norte-americanos.

Ainda que tais dados careçam de precisão e comparabilidade, na medida em que decorrem de pesquisas pontuais, eles possibilitam, para o que interessa a este artigo, duas conclusões gerais. A primeira: o "apelo verde", que parecia apenas uma moda politicamente correta, na segunda metade dos anos 1990, transformou-se, com a urgência das mudanças climáticas, em fator determinante no comportamento do novo consumidor deste século 21. A segunda conclusão cabível é que nenhuma empresa com produto voltado para o público final poderá, nos próximos anos, ignorar a variável da sustentabilidade como elemento importante na construção de sua marca, sob pena de perder clientes cada dia menos fiéis em mercados com produtos crescentemente comoditizados.

Fonte: (Gazeta Mercantil/Caderno A - Pág. 14)(Ricardo Voltolini - Publisher da revista Idéia Socioambiental e diretor da consultoria Idéia Sustentável. E-mail: ricardo@ideiasustentavel.com.br)

Amazon Sat participará da Semana Global do Empreendedorismo

Confira entrevista - 10 de setembro de 2008.

MANAUS De 17 a 23 de novembro de 2008, a Endeavor e sua rede de parceiros irão coordenar ações de empreendedorismo nos 26 estados e no Distrito Federal: será a Semana Global de Empreededorismo. O objetivo da Semana é incentivar a atitude empreendedora e disseminar essa cultura para jovens de todo o Brasil. A iniciativa faz parte de uma ação mundial que envolverá 50 países.

Classificada como o maior movimento mundial de empreendedorismo, a Semana reúne diversas atividades relacionadas a empreendedorismo, idéias, criatividade, negócios, entre outros temas.

O Amazon Sat também participa do movimento. Na entrevista abaixo, a professora Sheila Lima, do canal Amazon Sat Educação, explica como será a participação do canal.

Portal Amazônia - Como o Amazon Sat irá participar da Semana Global de Empreendedorismo?
Sheila Lima - O Amazon Sat irá inserir em sua grade de programação os parceiros que confirmarem presença na Semana até o dia 5 de setembro. As empresas irão para entrevistas ou terão matérias gravadas que serão apresentadas durante o evento. Outra forma de participação será um programa especial que irá reunir empreendedores de todas as praças onde o Amazon Sat têm programas.

Portal Amazônia - Como o Amazon Sat se tornou parceiro da Semana?
Sheila Lima - O canal tem um contrato de parceria com a Endeavor, que é a instituição que realiza a Semana. É esta parceria que nos propicia a apresentação de palestras sobre empreendedorismo, às quartas-feiras, 7h30 (horário Brasília). Estas matérias estão em nossos sites sinalizadas como Videoteca. Também estamos instalando uma Biblioteca Virtual dentro desta parceria.

Portal Amazônia - O que o canal Amazon Sat fará na ocasião da Semana Global?
Sheila Lima - O canal pretende mostrar toda a sua grade de programação. Cada apresentador irá contar como faz o seu programa e mostrar, com o parceiro, como a atividade será realizada. Será a televisão por trás das câmeras.

Portal Amazônia - Onde será realizada a Semana?
Sheila Lima - A Semana será realizada no local escolhido pelos parceiros. É o parceiro quem escolhe o que vai fazer, como vai fazer e quando vai fazer. Por exemplo, o Portal Amazônia vai escolher alguns temas para chat que terá empreendedores. A turma do Portal é criativa e certamente irá encontrar uma forma de mostrar como interagem com a TV, com o Rádio, como fazem seus clipping radiofônicos, como realizam a montagem do maior dicionário da Amazônia, como somos únicos em fotos e vídeos num projeto exclusivo de educação. Será um momento para mostrar como trabalhamos.

Portal Amazônia - O que é o Esquenta Semana? Quem participa e quem pode participar?
Sheila Lima - Todo parceiro, ao cadastrar-se, é orientado para inscrever suas atividades e alguns realizam pré-atividades, que são chamadas de "Esquenta Semana." Todo parceiro inscrito na semana pode participar. Alguns parceiros, como o Sebrae, extrapolam atividades após a Semana, e são chamadas de Bota Pra Fazer, que é a preparação para 2009.

Para mais informações, clique aqui.

1 de set de 2008

Feira do Empreendedor

Feira do Empreendedor 2008 deve atrair 50 mil visitantes
Maior evento brasileiro de estímulo ao empreendedorismo será realizado de 2 a 6 de setembro, em Belo Horizonte (MG).

A expectativa do Sebrae-MG, que realiza o evento, é reunir cerca de 50 mil pessoas. Entre as atividades deste ano estão programadas 275 palestras e 16 seminários, com a participação de especialistas em gestão empresarial e de empresários de diferentes segmentos. Serão apresentados 24 casos de sucesso de empreendedores mineiros, selecionados como exemplos de persistência, inovação e profissionalismo.

A Feira do Empreendedor 2008 será dividida em espaços temáticos como, Ilha de Oportunidades e Negócios, Ilha Cultural, Ilha Gastronômica, Espaço do Empreendedor, Estação da Moda, Mostra Negócio Cor, Espaço Inovação e outros. Os visitantes terão acesso a serviços de avaliação do perfil empreendedor, consultoria gerencial e tecnológica, idéias de negócio e inovação, oficinas nas áreas de alimentação, artesanato, arranjos florais e moda e contatos com fornecedores de vários ramos.

A Feira do Empreendedor ocorre a cada dois anos em Minas Gerais. A última edição, realizada em 2006, atraiu 38 mil pessoas em busca de oportunidades e de conhecimentos para melhorar ou iniciar um negócio.

Feira do Empreendedor de 2 a 6 de setembro, das 10h às 22h, na Expominas - Av. Amazonas, n° 6030 – Gameleira. Informações: (31)3269-0180 ou www.sebraemg.com.br/feiradoempreendedor | Entrada Gratuita.

Para mais informações acesse o site:

25 de ago de 2008

Documentário Dente por Dente, criado pela ONG Turma do Bem.

A Turma do Bem é um dos nossos parceiros da Semana, eles fazem um trabalho muito legal, esse vídeo é um dos exemplos do que eles fazem. Para o último dia da Semana Global do Empreendedorismo, 23/11, eles querem oferecer esse serviço para 10.000 crianças!

21 de ago de 2008

Quer? Então vai lá e faz!

Você é um jovem que tem idéias criativas é quer mostrá-las para o mundo? Então põe a mão na massa e bota pra fazer!

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, uma das maiores feiras de ciências do Brasil, é uma ótima oportunidade para os jovens, que estão no último ano do ensino fundamental, no ensino médio ou técnico, com até 21 anos, de botar a criatividade a prova e mostrar do que são capazes. E se você já tem mais de 21 anos e quer participar não desanime, você pode atuar como um orientador de projeto.

A FEBRACE recebe projetos nas áreas de exatas, biológicas e humanas e o estudante pode ganhar computadores, bolsas de estudos e ainda representar o Brasil numa feira internacional nos Estados Unidos, a Intel ISEF. Na última edição da ISEF (mai/08) os brasileiros se destacaram e trouxeram pra casa 3 prêmios!

Gostou? Quer participar? O prazo pra se inscrever na 7ª edição da FEBRACE vai até 19 de novembro. Acesse www.lsi.usp.br/febrace


Inauguração Spoleto Faria Lima

Sensacional a festa da inauguração do Spoleto Faria Lima.

19 de ago de 2008

Empreendedorismo inovador

Abrir e manter uma empresa exige uma série de conhecimentos que a maioria dos empreendedores não possui. O resultado aparece nas estatísticas que mostram que 80% das empresas fecham antes dos dois anos.

No entanto, poucas pessoas sabem que existem organizações para apoiar o nascimento e crescimento de pequenos negócios: as incubadoras de empresas. Nos primeiros anos das empresas, as incubadoras oferecem consultorias, assessorias, diversos serviços e até estrutura física para fortalecer os passos iniciais do empreendimento e preparar empresários e empresas para enfrentar o mercado.

As incubadoras também são intimamente ligadas às universidades e importantes meios para transformar universitários em donos do próprio negócio. É nos ambientes das incubadoras que pesquisas, projetos e idéias inovadoras saem do papel e se transformam em produtos e serviços.

A incubadora MIDI Tecnológico, de Florianópolis, que completou este mês dez anos de atividades, é um dos exemplos de como o incentivo ao empreendedorismo inovador contribui para o desenvolvimento da economia local e consequentemente da sociedade com a transferência de tecnologia e geração de emprego e renda.

Mantido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (SEBRAE/SC) e gerido pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE), o MIDI Tecnológico já formou 39 empresas e atualmente acompanha 19 incubadas.

Todas desenvolveram projetos de tecnologias inovadoras como jogos para celular, sistemas para agricultura de precisão, soluções em imagens médicas e softwares diversos.

Os empreendimentos incubados na MIDI têm, em média, 93% de taxa de sucesso, ou seja, de sobrevivência no mercado. Número alcançado graças à ênfase da incubadora na oferta de cursos e atividades voltadas para o aperfeiçoamento de talentos humanos e gerenciais, contribuindo para a chegada ao mercado de empresas e empreendedores fortalecidos.

Mais Informações Acesse:
www.baguete.com.br/artigosDetalhes.php?id=610

13 de ago de 2008



SEMINÁRIO CONSTELAÇÃO DE NEGÓCIOS

Este será o maior evento de Bert Hellinger na área empresarial e empreendedora da América Latina. Constelação é um método inovador para o alcance do sucesso, indicado para diagnóstico, projetos e busca de soluções sistêmicas de problemas na sua organização, negócio e carreira. Através da abordagem sistêmica fenomenológica, identifica e soluciona problemas rapidamente, buscando respostas na rede de relações que envolvem os indivíduos e as empresas, representadas em uma configuração espacial do sistema. Este método tem sido aplicado em diversas empresas, entre elas, IBM, BMW, Hewlett-Packard, Mercedes Benz e Alcatel.
Visite o Site: www.constelacaodenegocios.com.br

19 e 20 de agosto – das 10 – 19:00 hrs
Seminário Constelação de Negócios
Palestrantre: Bert Hellinger – Hellinger Scienzia - Alemanha

Local: CIETEP/FIEP .

Realização e Organização: Núcleo de Psicologia Clínica

Informações: 41.30765596 ou 3079 5596 contato@constelacaodenegocios.com.br

XVIII Seminário Nacional de Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos



Para saber mais detalhes e conferir a programação, acesse: www.seminarionacional.com.br

8 de jul de 2008

$ + impacto social = Setor 2 ½
Você já imaginou empresas ganhando dinheiro por combater a pobreza?
Conheça as empresas sociais que compõem o Setor 2 ½.

Um grupo de jovens empreendedores, entre 21 e 23 anos, decidiu conhecer a fundo este novo modelo de organização que está surgindo: as empresas sociais. Atualmente, o grupo se dedica ao Projeto Setor 2 ½, com o objetivo de trazer e disseminar este modelo de negócio para o Brasil.


Uma das ações do Projeto é a criação de um documentário sobre empresas do Setor 2 ½, que será divulgado para inspirar e incentivar empreendedores e empresários brasileiros a adotarem o modelo de empresas sociais. Além de mostrar a prática no mundo, o documentário alertará para a criação de um novo setor. Hoje já existem organizações e ações de suporte a empresas sociais, como fundos de venture capital, novas leis, consultorias, ONGs, entre outras.


O grupo viajou para a Índia e Bangladesh para visitar empresas sociais e conversar com seus empreendedores, para entender melhor o modelo e dar início ao documentário. Por que Índia e Bangladesh?
Além de haver uma concentração de empresas sociais, do Setor 2 ½, no eixo Índia-Bangladesh, esses são países com economias e dificuldades parecidas às nossas.

O surgimento do conceito de empresas sociais aconteceu na Inglaterra. Lá, existe estatuto para empresas privadas, ONGs e empresas sociais, como resultado do movimento Social Enterprise que influenciou as políticas públicas.

Você já imaginou seu negócio combatendo a pobreza, sem abrir mão do lucro?
Pense nisso e visite o blog do Setor 2,5: projetosetor2emeio.blogspot.com

Empreendedorismo por Oportunidade
O maior estudo independente do mundo sobre a atividade empreendedora em diferentes países, Global Entrepreneurship Monitor, ou GEM, detremina as 2 principais motivações que levam ao início de um negócio.


Empreendedorismo por Necessidade e Empreendedorismo por Oportunidade. O empreendedor motivado por oportunidade está sempre atento, atrás de um sonho e pretende obter independência e aumento de renda. Mesmo com uma acentuada desigualdade social, o Brasil teve, em 2007, 56,84% da população total empreendedora, empreendendo por oportunidade. Isso evidencia um ambiente econômico favorável.

A Endeavor busca, justamente, esses empreendedores que enxergam, analisam e arriscam onde podem atuar para fazer crescer seu negócio. Wilson Poit é um dos 67 empreendedores apoiados pelo Instituto Empreender Endeavor e fundador e Diretor da Poit Energia, negócio que começou a partir de uma oportunidade. A Poit Energia é uma empresa especializada no suprimento de energia ao mercado corporativo, por meio do aluguel de geradores de eletricidade a diesel. A empresa surgiu de uma idéia que teve Poit, ao não ser bem atendido por um fornecedor, quando ainda trabalhava em seu primeiro negócio, a Poit Engenharia. “Entendi que eu poderia locar geradores de uma maneira melhor e com serviços agregados”, diz Poit.

Wilson Poit diz que a Endeavor fez toda a diferença. “A Endeavor me ensinou a pensar grande e ver que eu poderia crescer muito mais, em fazer sempre tudo ‘sem atalhos’, me abriu muitas portas, me deu oportunidade de conversar com pessoas de sucesso e antes inacessíveis para mim”.

Você pode ser um Empreendedor Endeavor

Muitos já conhecem a líder da Semana Global do Empreendedprismo, no Brasil: o Instituto Empreender Endeavor, organização sem fins lucrativos que tem como missão gerar emprego e renda através do fomento à cultura empreendedora baseada em oportunidade e inovação. O que muitos não sabem, é que podem ser apoiados pelo Instituto.


Até hoje, 67 empreendedores de 35 empresas de diversos setores são apoiados pela Endeavor, no Brasil, e são exemplos para a sociedade.

Uma vez selecionado, o empreendedor recebe da Endeavor e de seus voluntários serviços exclusivos e customizados, facilitando o seu acesso a capital, à informação especializada, a mecanismos de suporte qualificado e a uma rede de contato de alto valor agregado, que acelerem o crescimento de suas empresas, ampliando suas fronteiras.

Qual o perfil do Empreendedor Endeavor?
Os principais critérios para a seleção são:
a) Grau de inovação – a empresa deve ser inovadora, seja em seu produto, modelo ou em algum processo.
b) Crescimento escalável – crescer, abranger novos mercados e sem aumentar custo é importante para garantir a longevidade da empresa.
c) Faturamento anual – a empresa deve ter um faturamento anual de R$1 milhão a R$30 milhões. A Endeavor apóia empresas que já tiveram seu produto ou serviço e sua gestão testados pelo mercado. Dessa forma o apoio pode realmente fazer diferença.
d) Perfil do empreendedor – o dono do negócio deve almejar o crescimento de sua empresa e deve almejar ser exemplo, entre outras características que impactam positivamente nas atividades da empresa.
INSCREVA a sua empresa pelo site da Endeavor www.endeavor.org.br

Conheça dois Empreendedores Endeavor recém selecionados
  • Roberto Alcântara (foto) e Sonia Madi da Ângelus Indústria de Produtos Odontológicos Ltda., empresa fundada na incubadora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 1994. Hoje, ela exporta produtos utilizados em consultórios dentários para 52 países de vários continentes. A Ângelus fabrica mais de 40 diferentes produtos. Com 6 patentes de produtos, a empresa já recebeu diversos prêmios nacionais e foi escolhida pela Finep uma das empresas mais inovadoras do país em 2007. Valério Paz


Palco para Experiência e Conhecimento
Workshops Gratuitos Endeavor disseminar conhecimento

A temporada 2008 começou no dia 27 de fevereiro com a palestra do Robinson Shiba, dono das redes de gastronomia China In Box e Gendai. Os Workshops acontecem todas as quartas-feiras, exceto em vésperas de feriado e em julho
, até novembro.

“Com os Workshops, buscamos levar mais conhecimento aos empreendedores, além de disseminar e incentivar a atitude empreendedora. Dessa maneira, as pessoas podem aplicar os conceitos aprendidos no dia-a-dia de seus negócios e chegar ainda mais longe”, diz o diretor-geral da Endeavor, Paulo Veras.

Desde 2004, mais de 25 mil pessoas compareceram a 150 Workshops Endeavor. Cada palestra tem um tema específico como, gestão, marketing, direitos trabalhistas, negociação, comportamento, criatividade e inovação – só para citar alguns. Entre os palestrantes estão grandes nomes do mercado: os consultores Clemente Nóbrega e Marcelo Cherto, o economista Eduardo Gianetti, empresário Pedro Passos, da Natura, o velejador Lars Grael, o ministro da Cultura, Gilberto Gil, além de Voluntários e Empreendedores Endeavor.

Os interessados podem se inscrever por meio do site
www.endeavor.org.br e passar a receber os convites dos Workshops. Como as vagas são limitadas, há a possibilidade de acompanhar a palestra ao vivo pelo site. Neste mesmo site, você pode conferir os mais de 30 vídeos na Videoteca Virtual da Endeavor.


Seminário Constelação de Negócios


Este será o maior evento de Bert Hellinger na área empresarial e empreendedora da América Latina. Constelação é um método inovador para o alcance do sucesso, indicado para diagnóstico e busca de soluções sistêmicas de problemas na sua organização, negócio e carreira. Através da abordagem sistêmica fenomenológica, identifica e soluciona problemas rapidamente, buscando respostas na rede de relações que envolvem os indivíduos e as empresas, representadas em uma configuração espacial do sistema. Este método tem sido aplicado em diversas empresas, entre elas, IBM, BMW, Hewlett-Packard, Mercedes Benz e Alcatel. Visite o site http://www.constelacaodenegocios.com.br/

19 e 20 de agosto - das 10 - 19:00 hrs
Palestrantre: Bert Hellinger - Hellinger Scienzia - Alemanha
Local: CIETEP/FIEP


Realização e Organização: Núcleo de Psicologia Clínica
Informações: 41.30765596 ou contato@constelacaodenegocios.com.br

11 de jun de 2008

Extreme Makeover 3 - Microsoft: Não perca!



A Microsoft, a Itautec e o Itaú em parceria com a revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, realizaram o Projeto Extreme Makeover 3 e transformaram a vida de 3 pequenas empresas, por meio de uma consultoria tecnológica que aumentou a eficiência administrativa e ajudou a diminuir custos.

No dia 17/06 será realizado um evento para contar como foram realizadas as transformações e para compartilhar todas as dicas e soluções que demonstrarão como tornar a tecnologia um diferencial competitivo e como melhorar a gestão financeira do seu negócio.

O evento será realizado no Vila Noah na Rua Castro Verde, 266 – Chácara Santo Antônio – São Paulo/SP, das 08h30 às 14h00.

Para participar é necessário confirmação via telefone: 0800 888 4081 Opção 3 e depois 5

Veja a agenda do evento: http://www.eventoextrememakeover3.com.br

10 de jun de 2008

Tendências e Perspectivas da Inovação na Macroeconomia - Pernambuco



Na próxima sexta-feira (13/06) acontece o seminário "Tendências e Perspectivas da Inovação na Macroeconomia", promovido pela Incubanet, Rede Pernambucana Promotora de Empreendimentos Inovadores. Serão palestrantes Lúcia Melo (Ministério da Ciência e Tecnologia), Alexandre Valença (Sindicato de Metal/Mecânica de Pernambuco) e Sérgio Kano (Tecon).

O seminário, que acontece no auditório do Itep, faz parte do ciclo de eventos "Prospectando Oportunidades: Empreendendo com Inovação" que ainda trará workshops sobre arranjos produtivos da Economia de Pernambuco. A participação é gratuita, mediante inscrições e tem vagas limitadas. O objetivo é promover um diálogo entre o mercado e potenciais empreendedores, na intenção de descobrir se as idéias de empreendimento que existe são realmente viáveis e têm força e, assim, minimizar lacunas econômicas.

Os eventos fazem parte do Programa Incubanet de Desenvolvimento do Empreendedorismo. A Rede Pernambucana de Empreendimentos Inovadores/Incubanet congrega as principais incubadoras de empresas de Pernambuco e o parque tecnológico Porto Digital

Para se inscrever, basta acessar o site www.incubanet.org.br, clicar no banner do evento, preencher a ficha de inscrição e enviá-la para o e-mail info@incubanet.org.br ou incubaneteventos@gmail.com.


Seminário "Tendências e Perspectivas da Inovação de Pernambuco"
Quando – 13/06/2008 (sexta-feira), das 8h às 12h (manhã)
Onde – auditório do Itep
Quanto – gratuito, mediante inscrição
Informações - (81)3425-4843/4846

6 de jun de 2008

OITO ANOS DE ENDEAVOR


TKS! Brigadinha! Obrigada! Obrigadão! OBRIGADAAAAAA!!!!!! Valeu!

Existem inúmeras formas de agradecer aos voluntários da Endeavor, aos Empreendedores Endeavor, aos Parceiros da Endeavor, ao Time Endeavor, mas...
Nada disso representa o quanto realmente estamos gratos. Tá muito formal!Tá sem graça, não está Endeavor!
Também não passa a sensação de estarmos crescendo! Antes, tínhamos 7, hoje 8 e sempre faremos mais anos, mais barulho, mais exemplos, mais resultados!

Onde quero chegar?
Não sei. Brasil? Internet? Mundo? ETs? AH! No lugar mais difícil e mais recompensador, na sua inspiração!

O que quis dizer com isso?
Tudo! Não quero dizer o que a Endeavor faz, quero fazer o que a Endeavor é!

Quero fazer parte de milhões de sentimentos que despertam coragem, atitude, sonho grande e aventura em muita gente que podia ter desistido ou se acomodado.
Quero fazer gente importante compartilhar seu sucesso, suas vitórias e educar os próximos vencedores!
Quero fazer conta...somar gente no time, multiplicar os valores, exponenciar a garra e a vontade de sempre fazer mais e melhor para uma vida melhor, um lugar melhor.

QUERO QUE TODOS ENTENDAM QUE VIEMOS BOTAR PRA FAZER!
QUE ESTAMOS AQUI PRA MOVIMENTAR!

OBRIGADA PELOS QUE SE MOVIMENTARAM CONOSCO ATÉ AGORA.
PELOS QUE SE MOVIMENTARAM CONOSCO ESTE ANO E...

OBRIGADA PELOS QUE QUEREM MUITO SE MOVIMENTAR, AFINAL, A GENTE TAMBÉM SE INSPIRA DE ALGUM LUGAR!

LUDMILLA FIGUEIREDO

5 de jun de 2008

Sorocaba e região com força total na Semana!

Geraldos do Brasil,

sintam-se orgulhos pelo nome que receberam de vossas mães. Em Sorocaba, existe o famigerado Professor Geraldo, mais conhecido como ''Geraldinho''.

Pessoa de conhecimento profundo sobre diversos temas. Atuante em diferentes profissões. É delegado, professor, empreendedor, ''pai'' etc. E, agora, um grande parceiro da Semana Global do Empreendedorimos. Ontem, reuniu diversas organizações da região, como: Sebrae, Uniso, Unip, Uniesp, Facens, Imapes, APRH Sorocaba, Convetion Bureau etc.

Simplesmente, com seu espírito empreendedor, ligou para a Endeavor e se prontificou a fazer essa incrível reunião. E de fato o fez. E ajudou. Imagimem quando tivermos mais Geraldos ainda, após a Semana!!=)

Agradecemos, assim, a ele e a todas organizações que compareceram na reunião! Agora vamos botar a mão na massa e mobilizar toda a região!!

Contamos com todos vocês!!

4 de jun de 2008

Rodada de Negócios do CJE Fiesp


E as atividades da Semana Global do Empreendedorismo já estão a todo vapor!

O Comitê de Jovens Empreendedores da Fiesp fez no dia 28 de maio primeira Rodada de Negócios. Um grande sucesso! Conectou profissionais de diferentes áreas da sociedade que tiveram a oportunidade de conhecerem seus respecivos negócios!


Compareceram mais de 50 empresas de vários setores, tais como, construção civil, serviços, tecnologia, automação industrial, gestão ambiental, financeiro, publicidade e propaganda, telecomunicações, entre outros, onde tivemos 150 reuniões realizadas durante o dia (fotos em anexo)


Parabéns ao pessoal da CJE FIESP e demais parceiros da iniciativa!!

2 de jun de 2008

Encontro de afiliadas - Sistema Globo de Rádio



Fomos lá... CBN do Brasil todo. Todas as filiais reunidas ouvindo os causos, as pérolas da Endeavor. Histórias que só mesmo uma ONG que apóia empresas privadas encontraria pelo Brasil.

O Encontro foi maravilhoso, todos trouxeram ainda mais histórias das 5 regiões do Brasil, inclusive, preciso ressaltar a Paraíba. Foi o Estado que mais despertou paixão num dos integrantes da reunião, ao contar um caso empreendedor da região.

Obrigada Globo! Sem dúvidas temos muito o que fazer pelo país. Contem conosco não apenas pela causa, mas também, pela colaboração de conteúdo, histórias inspiradoras e dados fornecidos pelo nosso Diretor-geral, que praticamente virou "consultor de empreendedorismo"; Paulo Veras.

Lançamento do Prêmio Facamp e Master Minds de Empreendedorismo

No dia 27/05, tivemos um exemplo de pró-atividade e engajamento na Semana Global do Empreendedorismo.

No belo auditório CPFL em Campinas, a FACAMP junto com a Master Minds lançaram o prêmio Facamp/Master Minds de Empreendedorismo, que será um concurso de plano de negócios para os alunos da Instituição. O grupo ganhador receberá o prêmio de R$ 10.000 e o segundo colocado R$ 5.000 reais.

A platéia de 150 pessoas (alunos, pais e professores) contou com a apresentação do coordenador de comunicação da Endeavor, Felipe Zacharias, que falou da estrutura da Semana e como está esse revolucionário movimento no Brasil.

Em seguida, houve um painel de discussão, que abordou ‘’ O que os investidores de capital buscam nas empresas e nos empreendedores’’. Entre os debatedores, participaram:

Fabio Belloti – Presidente do São Paulo Anjos
Juliano Graff – Sócio Fundador da Máster Minds Investimentos
Moderação: Professor Dr. Nivaldo Elias Pilão – Coordenador da Facamp
Frederico Greve – Sócio e Diretor da Decisão Gestão de Fundos (DGF)
Augusto Sávio – Presidente & CEO da Daitan Labs (empresa investida DGF)

Por fim, houve o lançamento oficial do Prêmio pelo coordenador da Facamp, Professor Nivaldo Pilão, que explicou as etapas do Concurso.

De fato, a Semana Global do Empreendedorismo, conecta e inspira as pessoas a tirarem suas idéias do papel!!!

Parabéns Facamp, Master Minds e demais envolvidos com essa brilhante iniciativa!!

Microsoft lança advergame para Pequenos Empresários



Clique aqui!

Microsoft lança promoção para o público de Pequenas Empresas.

É um concurso cultural (Advergame) com o tema de Antipirataria o qual os pequenos empresários podem concorrer a um Xbox360 ou hardwares Microsoft.

A campanha segue uma linha “Indiana Jones”, tipo Caça ao Tesouro, que conta a estória de um dos integrantes das tiras Amigos S.A..

Nesta aventura, Lui viaja até uma ilha em busca do tesouro perdido, que trata-se de moedas de ouro e um livro com as 10 dicas mais importantes para uma Pequena Empresa obter sucesso!

Abraços e boa diversão!

23 de mai de 2008

Abertas as inscrições para o II Prêmio ENDEAVOR & Exame PME de Empreendedorismo


Pessoal,

Mostrem para o Brasil o potencial que a sua empresa tem para crescer, a inovação que você trouxe para o negócio, a trajetória da sua carreira que merece ser reconhecida.

Garanta sua inscrição pois as vagas são limitadas!
www.endeavor.org.br/premio

A recompensa, começa logo na seleção dos finalistas com o seguinte Jurí até o momento:
Alexandre Silva, Walter Longo, Patrick Morin, Veronica Serra, Mario Bethlem, Silvio Genesini, Eduardo Bom Angelo, José Grubisich, Márcio Utsch, Pedro Passos, Walter Torre Jr.

Ano passado, o Prêmio virou matéria de capa na revista Exame PME e contou com os seguintes jurados (de muuuuuuuito peso):
Luiza Helena Trajano, Edson Vaz Musa, David Thomas, Robinson Shiba, Laércio Cosentino, Marília Rocca, Bento Koike, entre outros.
Não perca!

21 de mai de 2008

Amazon Sat e Instituto Endeavor lançam Semana Global de Empreendedorismo

MANAUS - O canal Amazon Sat, em parceria com o Instituto Empreender Endeavor, lançaram ontem (19), a I Semana Global de Empreendedorismo no salão de eventos do Studio 5 Festival Mall. O lançamento já vem ocorrendo em outras cidades do Brasil desde o início do ano e prepara os participantes para um importante movimento empreendedor que ocorrerá no período de 17 a 23 de novembro. Na mesma data, o evento será realizado, simultaneamente, em outras cidades do Brasil e em outros de 56 países. No lançamento da Semana Global, foram ministradas palestras e workshops sobre temas empresariais por instituições como o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Amazonas (Senac-AM). A organização Endeavor é uma entidade sem fins lucrativos que tem como missão promover o desenvolvimento sustentável no Brasil, por meio do apoio a empreendedores inovadores, gerando postos de trabalho e renda. Novos empreendedores Segundo o analista de Marketing do Amazon Sat, William Duarte, a participação do canal no evento tem como objetivo dar oportunidades a novos empreendedores da região que possuem idéias empresariais, mas não sabem como desenvolvê-las. Para a coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais do Endeavor, Ludmilla Figueiredo, a semana será a grande chance para mudar a cara do Brasil empreendedor. "É um importante movimento que já vem sendo realizado há quatro anos em outros países e agora alcançou o Brasil para mudar o perfil do empreendedorismo no país", disse. De acordo com o regulamento do evento no site da Endeavor, durante a semana Global de Empreendedorismo, em novembro, haverá uma 'gincana' entre os participantes brasileiros e de outros países que deverão apresentar propostas e atividades para a área empresarial. O vencedor poderá ser premiado com uma viagem. A principal finalidade é fomentar o movimento e a interação da semana em todo o mundo. "Queremos ver os jovens que tenham intenção de abrir um negócio, e os funcionários de uma instituição trabalhem essa atitude e que a gente consiga colocar o assunto em pauta em na comunidade internacional", afirmou Ludmilla.Para assistir a vídeos com notícias e informações sobre a Amazônia, acesse www.portalamazonia.com/videosdaamazonia. Faça o seu cadastro e assista por 30 dias grátis

15 de mai de 2008

Jornal do Tocantins Divulga a Semana!!!!


Brasileira é uma das 20 melhores escolas de negócio do mundo, segundo o FT

EXAME A Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais, é uma das 20 melhores escolas de negócio do mundo, no segmento de educação continuada, de acordo com o ranking elaborado pelo jornal britânico Financial Times.

Veja o Ranking das melhores escolas de negócio
http://www.ft.com/

A Fundação Dom Cabral vem subindo no ranking do Financial Times. Em 2006, por exemplo, ocupava a 19ª posição. No ano passado, estava na 17ª. O ranking completo engloba 45 instituições que oferecem cursos sob demanda e cursos abertos. São analisados 16 critérios, que consideram tanto a avaliação dos clientes dos cursos, quanto um questionário preenchido pela própria escola. Em sete destes quesitos, a brasileira está entre as dez primeiras: preparação do conteúdo; desenho do curso; qualidade dos participantes; follow-up; infra-estrutura; localização; e parcerias. O critério em que é mais deficiente é a ausência de palestrantes e participantes internacionais nos cursos. Neste item, a Fundação Dom Cabral ficou em 43º lugar.
A escola brasileira também é uma das três únicas representantes latino-americanas na lista – e a melhor colocada. O Ipade, do México, ficou na 19ª colocação, empatado com o MIT. Já a Argentina IAE Management and Business School vem em 25º.

Veja o Ranking das melhores escolas de negócio http://www.ft.com/

Fonte: Financial Times

14 de mai de 2008

Semana Global do Empreendedorismo - Tocantins


Em abril, a Endeavor foi até Palmas divulgar a Semana Global do Empreendedorismo e engajar mais parceiros para o movimento.

A reunião foi um sucesso! Cerca de 40 pessoas estavam presentes e todos participaram ativamente, visando uma Semana repleta de atividades.

Dentre as organizações estavam a Endeavor, representada pela Ludmilla Figueiredo, para levar o movimento até o Estado; o IEL, a Junior Achievement, o Sebrae, o Corpo de Bombeiros (Polícia Militar), a Seduc, a organização Jaime Câmara, a FIETO, Naturatins, Celtins, AJE, universidades, Câmara dos Vereadores, enfim; diversos nomes.

Agradeço ao José Ernesto, Sebrae - TO, a Josy, Adriane e Michel, Junior Achievement - TO por toda organização do evento e mobilização de parceiros. Sem acreditar, nada disto teria sido possível.

O cenário de Tocantins impressiona. De toda a população, 76% é funcionário público. Como o Estado tem 19 anos, a maioria é jovem e este é um ponto a ser trabalhado com a Semana. É possível se empreender em carreira pública, mas entrar na faculdade visando um emprego público para ter estabilidade, pode refletir em acomodação e não produtividade.

A região tem muito potencial e espaço para ser desenvolvida em diversos setores. É preciso estimular os jovens da região a perceberem o quanto podem contribuir lá ao invés de se formar e abandonar o Estado ou ainda seguir carreira pública para garantir o emprego vitalício, apenas.

Abraços,

12 de mai de 2008

Empreendedorismo para gerar emprego e renda


Um convênio foi assinado na Rocinha, maior favela da América Latina, com cerca de 150 mil habitantes, localizada na zona sul do Rio de Janeiro. Seu objetivo é gerar renda e emprego para a comunidade através do empreendedorismo. A construção de alternativas junto com a comunidade local é o grande diferencial deste projeto. Foram os próprios moradores que identificaram as áreas prioritárias para o começo das ações: comércio, serviços e turismo; esporte e cultura e artesanato e meio ambiente. A estimativa é que entre 1,5 mil e 2 mil famílias sejam beneficiadas nos próximos dois anos, segundo informou a Agência Sebrae.
São parceiros o Ministério da Cultura, empresas privadas, Banco do Brasil, Instituto Gênesis da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ) e cerca de 30 entidades que atuam na Rocinha. Apresentações de grupos de dança, chorinho e capoeira marcaram a cerimônia que formaliza um projeto ambicioso do Sebrae no Rio de Janeiro: criar um cenário de desenvolvimento econômico e social na Rocinha. A meta é aumentar em 10% o número de pessoas ocupadas até dezembro de 2010.
Na prática, o projeto já começou. Lideranças locais foram capacitadas nos cursos Liderar e Líder Cidadão para olhar a comunidade de forma diferenciada, identificando os problemas e encontrando as melhores alternativas para solucioná-los. Para mostrar a importância do conhecimento, foram entregues ainda diplomas para os participantes do curso Elaboração de Projetos e Capacitação de Recursos. Só este ano, serão realizados outros dez cursos na área de Empreendedorismo, ampliando significativamente as ações do Sebrae/RJ, que atua na Rocinha desde 1996, através de um Balcão na comunidade.
'O Brasil está vivendo um momento especial, quando mais de 40 milhões de pessoas saíram da linha da pobreza. Mas para aproveitar o ciclo de crescimento é preciso ter ferramentas. O Sebrae não é protagonista de nada. Nosso papel é de ajudar as pessoas a desenvolverem suas capacidades. Vocês já estão fazendo isso e merecem os parabéns. Agora é aproveitar a capacitação e a união de todas estas entidades para crescer na vida. Vocês devem praticar surfe nessa onda', brincou o diretor-superintendente do Sebrae/RJ, Sérgio Malta, que entregou os diplomas.
'O desenvolvimento deste projeto com entidades locais é um diferencial muito importante porque tem como elemento catalisador a força da identidade cultural que reforça a união e é capaz de provocar uma mudança de vida', disse o representante do Ministério da Cultura, Adair Rocha. O Ministério e Sebrae/RJ também pretendem montar um Museu Popular da Rocinha, e um Centro de História e Memória da Rocinha.-->


http://empresas.globo.com/Empresasenegocios/0,19125,ERA1680591-2574,00.html

9 de mai de 2008

Wall Street Journal divulga lista dos 20 maiores gurus de gestão da atualidade

Relação mostra que os homens de negócios diversificaram suas fontes de consulta e procuram agora de escritores a psicólogos

O consultor Gary Hamel é, atualmente, o pensador mais respeitado pelos homens e mulheres de negócios da atualidade. Hamel lidera a lista dos 20 gurus mais influentes de hoje, publicada pelo jornal Wall Street Journal, bem à frente de medalhões do mundo corporativo, como o mitológico Jack Welch, ex-presidente da General Electric. Welch ocupa um distante 18º lugar na relação. Hamel consolidou-se como superguru da administração ao publicar, em 1994, o livro “Competindo pelo futuro”, em parceria com C.K.Prahalad, professor da Universidade de Michigan.

Para seus admiradores, o mérito de Hamel é usar o bom senso para analisar os métodos de administração. Uma das idéias defendidas por ele é a de que, no longo prazo, o sucesso das empresas depende muito mais do modo como são administradas, que de sua estratégia ou de seus produtos.

Os cinco maiores gurus dos negócios, segundo o Wall Street Journal

Primeiro: Gary Hamel –consultor
Último livro: O futuro da administração

Segundo: Thomas L. Friedman – colunista do New York Times
Último livro: Hot, flat and crowded (previsto para ser publicado em agosto)

Terceiro: Bill Gates – fundador da Microsoft
Último livro: Business @ the speed of tought

Quarto: Malcolm Gladwell - escritor
Último livro: Blink: a decisão num piscar de olhos

Quinto: Howard Gardner – professor de Harvard
Último livro: Responsability at work (participou como editor da obra)

De acordo com o WSJ, embora seja o líder, Hamel pode ser considerado o único superguru típico do ranking. Os demais citados representam uma grande variedade de áreas do conhecimento humano, abrangendo de jornalistas a psicólogos. Para o jornal americano, isso mostra que os executivos estão procurando, cada vez mais, variar suas fontes de informação, a fim de compreender as profundas transformações que o mundo e as relações humanas atravessam.

O segundo colocado no ranking ilustra bem essa mudança. Trata-se de Thomas Friedman, colunista do jornal New York Times e autor do best-seller “O mundo é plano”. O livro já vendeu mais de dois milhões de cópias em todo o mundo. Para Friedman, seu mérito é “oferecer às pessoas um modo bastante simples de explicar um conjunto complexo de mudanças que está, de fato, alterando o ambiente onde elas vivem, trabalham e atuam”.

Adaptado de Exame - 09/05/08

Nova estrutura populacional pode acelerar o crescimento econômico

O Brasil vive um bônus demográfico. Ou seja, o país está atualmente com a melhor estrutura etária e a combinação ideal de condições demográficas e sociais para tornar mais propício o crescimento econômico.

Levantamento do IBGE projeta para o período 2000-2030 um maior contingente de pessoas em idade economicamente ativa com o menor percentual de crianças e idosos no total da população. Como resultado, há um grau de dependência econômica menor de quem é capaz de gerar renda. "A menor dependência tem efeito macroeconômico, pois significa maior capacidade de poupança, condição indispensável para a elevação dos investimentos necessários ao desenvolvimento econômico", diz José Eustáquio Diniz Alves, professor da escola de pós-graduação do IBGE.

O levantamento mostra que a quantidade de filhos por mulher cairá para 1,9 de 2000 a 2030, sendo que a taxa de fecundidade mínima para reposição da população é de 2,1. De 1950 a 1980, para cada 100 pessoas em idade economicamente ativa havia uma média de 82 em faixa etária de dependência (crianças e idosos). Para o período de 2000 a 2030, a taxa de dependência deve diminuir para uma média de 48 pessoas. Isso ocorre pela taxa de mortalidade baixa e menor natalidade. Além de reduzir o grau de dependência dos que geram renda, a nova estrutura altera o perfil de consumo, aumentando a demanda.

Com um menor crescimento, a população iniciou um processo de envelhecimento. A idade mediana da população passou de 19 anos para 31 anos o que significa que entre 2000 a 2030 mais da metade da população brasileira terá acima de 31 anos. propiciando maior concentração de pessoas adultas e em idade em que a contribuição como mão-de-obra costuma ser mais qualificada.

Outras condições contribuem para o quadro de bônus, como a população mais urbanizada e a redução do analfabetismo.

Alves explica que o bônus demográfico traz benefícios para todos e não somente para quem estiver em idade economicamente ativa no período, com a tendência de maior disponibilidade de renda e investimento. As crianças e os idosos se beneficiam porque aumentam suas chances por melhor qualidade de vida e melhores condições de educação e saúde. Alves diz que alguns estudos indicam que o bônus demográfico já começou a ter efeitos e que pode ter sido responsável por 30% do crescimento econômico entre 1970 e 2000.

De qualquer forma, diz ele, o período de bônus não dura para sempre. Depois segue-se o envelhecimento populacional. "Exatamente por isso o período de bônus deve ser levado em consideração para a implementação de políticas públicas que promovam principalmente educação e investimentos", acredita o professor. "Essa janela de oportunidade de nada adianta se o país não for capaz de absorver a mão-de-obra disponível e incentivar a produção e a produtividade." Disso vai depender um período de envelhecimento populacional mais tranqüilo. "Em qualquer país, a transição demográfica só acontece uma vez e somente uma vez se pode usar o bônus demográfico."

O assunto foi discutido na palestra "As transições demográficas, as mudanças na estrutura etária e o bônus demográfico no Brasil" promovido pelo Instituto Fernand Braudel, em São Paulo.


Adaptado do Valor Econômico
Marta Watanabe
08/05/2008

5 de mai de 2008

Estudantes Priorizam Empresas com preocupações ecológicas

Pesquisa realizada com estudantes de Administração de Empresas da Universidade de São Paulo (USP) e de faculdades privadas mostra que a empresa dos sonhos não é apenas grande porte, mas também ecologicamente responsável.

O levantamento foi elaborado pela Quorum Brasil, empresa que faz pesquisas estratégicas para o setor privado. Foram entrevistados 200 alunos (de até 29 anos) do último ano da graduação, entre março e abril. A metade desse número estuda na Faculdade de Economia e Administração (FEA), da USP.

As conclusões apontam para uma realidade otimista: a juventude de hoje passou a assimilar a importância do meio ambiente e da responsabilidade social. Seja por altruísmo, seja por pressão, os questionários apontam também que trabalhos sociais são importantes na hora de pleitear um emprego.

Além da preocupação com o meio ambiente (98% dos respondentes), os alunos dizem que gostariam de trabalhar em empresas abertas para ouvir opiniões dos funcionários (95%). Quando questionados sobre o que seria uma vida de sucesso, estudantes dos dois sexos não diferem muito. Mas chama a atenção o fato de mais mulheres (54%) assinalarem a resposta “realização profissional”. Entre os homens, o índice ficou em 51%.

A pesquisa identificou algumas diferenças entre as respostas dadas pelos alunos da USP e das instituições privadas, todas elas voltadas para um público das classes mais baixas. Entre os alunos da USP, a maior parte cita a área de atuação da empresa e os benefícios oferecidos por ela como os pontos mais importantes.

Os estudantes do outro grupo também valorizam os benefícios, mas a maioria busca empresas que ofereçam para eles perspectivas de crescimento. O setor industrial é o preferido para 36% dos formandos de universidades privadas; na USP, só 15% deram essa resposta. A maior parte, 37%, opta pela área de serviços ou finanças.
Compromisso - Trabalhar com o público interno tornou-se imprescindível para as empresas que buscam consolidar suas marcas como sustentáveis. Mais do que defender a organização, funcionários e colaboradores devem ser estimulados a adotar os valores e comportamentos éticos que a empresa pretende fundamentar suas práticas socioambientais.

Para o diretor de Comunicação Corporativa da Fiat, Marco Lage, nenhuma empresa conseguirá alcançar metas socioambientais (tal como qualquer outra meta) sem a participação dos funcionários. “As organizações são pessoas. Se elas não tiverem motivações pessoais, dificilmente a empresa chegará aos seus objetivos”, disse.

Fonte: Mercado Ético 30/4/2008